Segue no Rolé!


Pare de poluir ou me mato!

@viniciuscovas

Não é só o corpo que sofre com a poluição. Além de causar diversos tipos de doenças respiratórias, ela pode estar ligada ao suicídio, é o que diz um estudo divulgado recentemente sobre o assunto realizado em sete cidades da Coreia do Sul – o país sofre com uma taxa de 26 mortes deste tipo para cada 100 mil habitantes.

Amilton Vieira

(Lapa, São Paulo)

A equipe de Chang Soo Kim, da Universidade de Yonsei em Seul, estudou quatro mil suicídios em conjunto com a medição de concentração de PM10 – partículas de poluição trazidas pelo ar de 10 micrômetros de diâmetro ou menos, como as que são liberadas pelo escapamento do carro. Descobriram que os suicídios foram mais comuns dois dias depois de um aumento de poluição.

Eles consideraram uma escala de poluição que ia dos níveis mais baixos para os mais altos de PM10. Concluíram que as pessoas estiveram 9% mais propensas a se matarem quando os níveis de PM10 passavam da metade da escala. E quem sofria de problema cardíaco – que também pode estar relacionado à poluição – tinha esta chance aumentada para 19%.

O outro estudo, feito pela Universidade Médica Khaohsiung em Taiwan no final da década de 1990, descobriu que altos níveis de poluição estavam associados à asma em mais de 160 mil estudantes. Dez anos depois, a equipe verificou que os suicídios foram duas vezes mais comum entre as pessoas estudadas do que no resto da população e que a chance era maior ainda quando os sintomas da asma eram mais severos no início da pesquisa.

Mais um estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças de Atlanta, nos EUA, concluiu que 7,5% das pessoas que tinham asma diziam sofrer de problemas piscológicos. Contra 3% do resto da população. Somente há pouco tempo cientistas começaram a relacionar problemas respiratórios e saúde mental. Kim, o pesquisador coreano, ainda diz que altos níveis de PM10 podem causar inflaçação nos nervos e afetar a saúde mental de uma maneira direta.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: