Segue no Rolé!


#Roteiro de Viagem: Serra Fluminense

Siga – @viniciuscovas

Fala galera!

Para quem conhece o “Segue no Rolé” sabe que o programinha é baseado no slogan do “Multshow”: A vida sem roteiro.  Mas como todo bom rolezeiro, no fundo sempre existe um roteirozinho, para não cair em furada.

E para quem curte cidades imperiais, esportes de aventura,  lindas estradas e uma gastronomia irada, tem que conhecer a “Serra Fluminense.

  • Petrópolis

Multifacetada, a cidade é um destino serrano que chega próximo da perfeição. Nas arborizadas alamedas centrais, um retrato da monarquia brasileira é encontrada nos palacetes e igrejas. Antigo palácio de verão da corte, o Museu Imperial apresenta de forma primorosa o cotidiano da trupe de Dom Pedro II. Para deleite dos casais, boa gastronomia e hotéis megaconfortáveis são facilmente encontrados nos distritos de Itaipava e Araras. Quem procura aventura encontra nas curiosas formações montanhosas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, com acesso pelo distrito de Bonfim.

  • Teresópolis

Separada de Petrópolis por uma belíssima estrada serrana, não exibe os portentosos palácios da vizinha. Mas a imensidão da Serra dos Órgãos está mais aflorada e aqui ficam a sede do parque nacional homônimo e a melhor estrutura para quem vai encarar a difícil trilha que atravessa as montanhas e termina em Petrópolis. De quase todos os lugares é possível contemplar o Pico Dedo de Deus, que curiosamente não pertence ao município. Há bons hotéis e restaurantes no caminho para Nova Friburgo.

  • Nova Friburgo

As fondues e racletes nos cardápios dos restaurantes e as construções alpinas denunciam a colonização suíça. Pequenos distritos, Lumiar e São Pedro da Serra concentram as pousadas românticas. Voltar com o carro cheio de compras é inevitável: lingeries no Centro; queijos, chocolate, mel e cosméticos na estrada para Teresópolis. Nesta mesma rodovia, visitar as singulares figuras gigantescas esculpidas em um barranco, no Jardim do Nêgo, é um passeio obrigatório.

  • Sana

Reduto de ecoturistas que procuram as atividades radicais da região. As agitadas águas do Rio Macaé são propícias para o rafting. Somente os mais corajosos alcançam o cume da Pedra Peito do Pombo.

Anúncios

3 Comentários so far
Deixe um comentário

Pessoal ouçam Raiz do Sana um grupo de forro do Sana mesmo muitoooo Bommmmmm !!!!

Comentário por Thalita

Fui a segunda vez sozinho ao peito do pombo…fiz altos registros e foi alucinante…literalmente…rs..a parte da mata fechada que todos conhecem como “raízes” é a melhor parte…

Comentário por 1000tão

Ah Petropolis e linda eu nascii lá hoje infelismente moro em Cabo frio e sempre que posso vou passar as ferias lá com a familia!

Comentário por Carool




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: