Segue no Rolé!


Vamos de longboard…
novembro 15, 2011, 3:48 pm
Filed under: Na Estrada | Tags: , , ,

O rolé de hoje vai ser de Longboard. Não aquele conhecido do surfe, e sim o do skate.

O skate de longboard não é tão popular aqui no Brasil quanto o skatinho, mas se tratando de radicalidade e adrenalina, ele não fica para trás. A diferença entre os estilos é visível no tamanho do shape (prancha), que a partir de 38 polegadas já pode ser considerado um “long”.

Os skatistas de longboard se divertem descendo ladeiras e estradas, com uma certa inclinação, com movimentos similares ao do surf de um lado para o outro, o que ajuda a adquirir equilíbrio, melhorar condicionamento e preparo físico das pernas e pulmões. No long, as manobras mais comuns são as cut backs (rasgadas) e botton turns (trocas de bases).

No Brasil, uma das mais importantes competições de longboard, válida pelo circuito mundial, é o Rio DownHill World Cup.

Vale a pena conferir o video abaixo. É adrenalina pura.



Segue no Rolé entrevista: Sérgio Negão

Siga @viniciuscovas

É um dos skatistas profissionais mais velhos em atividade no mundo em sua modalidade, teve seu primeiro shape assinado pela marca Plancton na década 80 no século XX, em 2008recebeu um homenagem de Superação na Pista na abertura do X-Games Brasil, mas de 40 participações em campenatos nacionais com títulos e 8 internacionais. Ufa! Poderia dizer que Sérgio Negão é uma lenda viva do skate. O nosso colaborador, Robson Camara, entrevistou esta lenda.

Segue no Rolé: Sérgio, você acha que o governo brasileiro investe o suficiente no skate? Por quê?

Sérgio Negão: O governo brasileiro investe no skate, mas eu acho que poderia investir mais, pois existem pessoas que desviam parte da verba destinada.

SNROLÉ: Você já pretende parar de andar de skate?

Sérgio Negão: Ainda não. Eu não aprendi nada ainda. Quero aprender muito mais.

SNROLÉ: Como você compara o skate de hoje em dia do skate de quando você começou a andar?

Sérgio Negão: Hoje é muito mais fácil andar de skate, as coisas estão aí na sua frente é só querer aprender. Antigamente você só podia imaginar o que seria andar de skate…

SNROLÉ: Em sua opinião qual é o melhor skatista do mundo?

Sérgio Negão: Tony Hawk

SNROLÉ: O que você pensa sobre o “Rio Vert Jam?

Sérgio Negão: Para mim é bom, para o skate é ótimo.

SNROLÉ: Com quantos anos você começou a andar de skate?

Sérgio Negão: Comecei com 19 anos em uma rua perto de casa…

O governo brasileiro investe no skate, mas eu acho que poderia investir mais, pois existem pessoas que desviam parte da verba destinada.

SNROLÉ: O que você pensa sobre a revelação do skate brasileiro: Pedro Barros ” Pedrinho “, que com 15 anos levou medalha de ouro no  X – Games ?

Sérgio Negão: Eu acho importante essa renovação no skate brasileiro, mas a galera deveria saber que ele tem pelo menos 12 anos de skate bom na Austrália.

SNROLÉ: Quando você começou a anda de skate seus pais te apoiaram? Essa pergunta é do skatista iniciante Alan Morais do Rio de Janeiro.

Sérgio Negão: Não, eles achavam que era apenas uma brincadeira…

SNROLÉ: Como é ser um dos maiores nomes do skate vertical brasileiro?

Sérgio Negão: Normal. Qualquer atleta gosta de ser reconhecido no que faz.

SNROLÉ: Agora eu digo uma palavra e você responde o que vier na cabeça. Skate.

Sérgio Negão: Paz

SNROLÉ: Futebol

Sérgio Negão: Nada

SNROLÉ: Brasil

Sério Negão: Amor

SNROLÉ: X-Games

Sérgio Negão: Saudades

SNROLÉ: Segue no Rolé

Sérgio Negão: Infinito

SNROLÉ: Valeu Sérgio. Deixa uma mensagem pra quem está começando agora a andar de skate, pode ser?

Sérgio Negão: É sempre um prazer fazer tudo pelo Skate. Faça tudo intensamente, pois a vida é curta. Um Abraço pra galera do “Segue no Rolé!”.

E aí? Curtiu? Clique aqui e tweet isto.